arrow_drop_down
YAH Conference: o final

YAH Conference: o final

YAH Conference | O Final

Depois de três dias, chegamos à quinta sessão da YAH Conference, algo que até alguns anos era um sonho e há alguns meses uma incerteza, agora, já estava deixando de ser uma realidade e começando a ser uma lembrança. Os dias passaram muito rápido e vivemos muitas coisas, cada um em seu individual, caso tenha buscado ao Senhor, certamente pôde viver o multiverso da palavra.


A ultima sessão foi conduzida por gente da casa, começando pelo momento memorável em que os missionários Carolina e Lucas anunciaram o YAH Hope, um projeto criado para alcançar pessoas necessitadas de outras nações com o evangelho, o ministério de desenvolvimento social acontecerá em Moçambique! Depois, o YAH Worship prosseguiu na adoração e Ramon Villar fechando a conferência com seu sermão sobre Unidade.

Pode parecer clichê, mas realmente, quem presenciou o YAH Worship no púlpito foi muito impactado. Em um louvor marcado por muita alegria e liberdade no Espírito Santo e juntamente das coreografias do Hillel (ministério de dança da YAH Church) a igreja toda exultou em graça e teve um momento de adoração tremendo.

.         .         

Em meio às frases da canção “Que Se Abram Os Céus”, Matheus, um dos líderes do 2Y e integrante da banda começou a declamar um texto que citava a condição atual dos homens, do mundo e terminava com um clamor fervoroso pela nação. 


Depois disso foi a vez do Pastor Ramon Villar pegar o microfone e começar a entregar uma palavra do Senhor para quem estava na YAH Conference. A palavra passou por diversos pontos, mas o foco foi a unidade, a grande unidade que estamos perdendo ao negarmos a misericórdia uns aos outros.

Ramon citou o quanto o mundo e o Brasil estão divididos por conta de políticas, ideologias e até mesmo por visões diferentes dentro do cristianismo. O caminho que deveríamos seguir, no caso, é o inverso, é o caminho do amor, o caminho da compreensão e da sujeição ao outro, independente de quem sejam.

A pregação passou por alguns pontos sobre os motivos pelos quais devemos ser todos como um só. Temos um só mestre e Senhor, somos ovelhas de um só rebanho e de um só pastor, temos um só corpo e também uma só cabeça, que é Jesus Cristo.