arrow_drop_down
Como crescer espiritualmente em 2022

Como crescer espiritualmente em 2022

Como crescer espiritualmente em 2022

O ano começou e já estamos no quarto dia de 2022. Alguns de nós estão de férias, alguns já voltaram ao trabalho e outros estão com saudades das festas de réveillon e natal, seja qual for a situação, todos já deveriam estar pensando em uma coisa: crescer espiritualmente, crescer em Deus e no conhecimento de Jesus. Aqui, ofereceremos algumas dicas importantes para você por em prática neste ano que com certeza farão você se desenvolver espiritualmente.

1. Leia a bíblia da forma correta

Se você pensou “isso eu já faço”, continue aqui, essa dica também serve para você. É importante ler a bíblia toda e fazer planos de um ano ou seis meses, mas além disso, é importante ler a Bíblia de maneira sistemática! É relativamente simples, mas ler a Bíblia de forma sistemática envolve mais do que apenas ler, envolve ter a disciplina de, todos os dias, escolher textos pequenos, em sequencia ou não, para meditar e tentar entender melhor o que Deus está dizendo ao seu povo, levando em conta os contextos etc. Um bom meio de estudo é investir em boas Bíblias de Estudo, como a Thompson, NAA ou NVT e também em comentários bíblicos, como o Comentário Bíblico Moody ou o Matthew Henry, por exemplo. Essas obras podem auxiliar você na compreensão correta dos textos e com certeza te fazer crescer espiritualmente.

2. Tenha tempo de oração

Orar é uma das tarefas principais de todos os crentes, nós devíamos (e muito) orar todos os dias, com disciplina, deixando de lado aquele momento de se deitar na cama e dizer “obrigado pelo dia Deus, mas estou muito cansado agora, amanhã nos falamos”. Ter a disciplina de orar em todo tempo, mas ainda assim reservar um momento para se relacionar com Deus exclusivamente, livre de distrações pode mudar a sua vida e te fazer crescer muito. Você pode reservar um horário todos os dias, em que sabe que vai conseguir cumprir, para ter tempo com Deus. Lembre-se, você não precisa orar por uma hora ou duas, porque provavelmente, caso já não tenha uma disciplina bem firmada, não vai conseguir manter. Comece então com momentos de 15 ou 20 minutos, que com certeza você pode troca o tempo perdido em redes sociais por algo que realmente vai te agregar algo.

3. Ore de verdade

Acredite se quiser, mas Deus conhece absolutamente tudo sobre você, cada coisa que fez e cada pensamento que passa em sua cabeça. Dizer isso parece absurdo, mas muita vez nos portamos como se Ele não soubesse de tudo na forma como oramos.

Por exemplo: é muito comum fazermos orações em que pedimos coisas e justiça, onde pedimos promoções no trabalho, benção nos relacionamentos, sucessos pessoais etc, e até devemos orar por essas coisas, mas não limitar nossa oração inteira a elas.

A oração é a ferramenta que Deus nos deu, junto com a sua Palavra, para entendermos a sua vontade. Seria maravilhoso se soubéssemos de verdade tudo o que Deus faz e como faz, entendendo os planos perfeitos dele, jamais nos frustraríamos, não erraríamos e viveríamos algo perfeito e divino. O problema é que somos limitados e não podemos entender os desígnios de Deus em sua totalidade, mas mesmo assim, temos a oração para tentarmos.


Quando for orar, comece com o Pai Nosso, afinal é uma oração modelo que fala tudo o que deveríamos fazer em uma boa oração: entender a nossa perversão em contraste com a santidade de Deus, se arrepender, pedir perdão, pedir pela provisão, pedir para que a vontade dele seja feita acima das nossas e coisas do tipo. Depois, faça ‘orações sujas’, não tente editar suas verdadeiras vontades diante de Deus. Pelo contrário, abra o seu coração, fale sobre suas vontades pecaminosas, sobre os momentos de ira que teve e também de que quis fazer justiça para si mesmo. Esse tipo de oração nos mostra quem realmente somos e nos ajuda a aliviarmos a tensão que o pecado nos causa.

Não se esqueça de agradecer a Deus por tudo o que Ele faz e produz em seu coração, pela provisão, pela graça, pelo perdão dos pecados, pela alegria e por todas as bençãos e misericórdias que Ele derrama todos os dias sobre o seu povo.

4. Leia livros

Os livros são ótimos meios para entendermos novos conceitos e aprofundarmos o nosso entendimento em diversas áreas. Livros são feitos do conhecimento e do estudo dedicado de outras pessoas, que se esforçam para simplificar um entendimento que tiveram, para que todos tenham acesso. Ler livros é algo que nos enriquece culturalmente e também nos ajuda a enxergar coisas que ainda não enxergamos. E se você precisa começar a ler livros cristãos, não perca o post de quinta-feira, que será exclusivamente dedicado a isso!

5. Vá para a igreja

A igreja é o corpo de Cristo na terra, é a forma mais rápida e prática de nos relacionarmos com Jesus e crescermos espiritualmente. Muitos se machucam com maus atos que veem de pessoas, mas é exatamente isso que acontece, afinal a igreja é um hospital para doentes. Pessoas que se entendem pecadoras e estão em busca de transformação pessoal. É normal que as vezes tenhamos a tendencia de nos isolarmos das outras pessoas para vivermos sozinhos, mas essa nunca foi a vontade de Deus, que desde o gênesis já dizia: não é bom que o homem esteja só.

A igreja é o lugar onde desfrutamos da comunhão e do amor uns dos outros e estendemos a graça que nos alcançou para pessoas diferentes de nós, singulares e cheias de peculiaridades, mas que são utilizadas como ferramentas para crescermos espiritualmente, de verdade.

Conteúdo/ REC