arrow_drop_down

Voltar para lista de planos

O Multiverso da Palavra em Salmos 119

O Multiverso da Palavra em Salmos 119

A YAH Conference acontecerá nos dias 21, 22 e 23 de Outubro com o tema 'O Multiverso da Palavra', e, para que você edifique seu espírito e aqueça o coração até lá, criamos um plano de leitura de 22 dias com base no Salmo 119, o maior salmo e maior capítulo de toda a Bíblia. O Salmo 119 não tem um autor definido, apesar de muitos pensarem que quem o escreveu foi o Rei Davi, quando este ainda era jovem, é impossível mencionar com certeza a sua autoria. Porém, isso se torna secundário quando comparado às intenções deste grande poema israelita. Estudiosos mencionam que o Salmo 119 foi criado e estruturado para ser decorado pelo povo de Israel, visto que, é construído como um acróstico em cima do alfabeto hebraico, seu idioma original. Ou seja, a cada oito versos, a primeira letra de cada verso era alterada para a próxima do alfabeto dos hebreus. Acróstico é um tipo de poesia em que as primeiras letras de cada verso formam, em sentido vertical, um ou mais nomes ou um conceito, por exemplo: amor amabilidade amizade benção bem benignidade É claro que, traduzido para o português, não conseguimos captar a forma como o salmo foi criado originalmente, porém, para o povo de Israel o texto tinha um valor imensurável e era decorado por todo o povo como uma forma de auxiliar a memorização da lei de Deus de uma forma prática, tanto em crianças como em adultos. O nome dessa técnica de facilitação da memorização é 'recurso mnemônico' e é utilizada até os dias de hoje em escolas, cursinhos e afins, por meio de frases, canções, gráficos e desenhos que ajudam o receptor da mensagem a gravar melhor o conteúdo oferecido. Pensando nisso, nos perguntamos, porque a memorização deste salmo era tão importante para os judeus? O que esse salmo tem de tão especial? A resposta é simples, é um salmo que fala sobre o maior tesouro de um filho de Deus em sua peregrinação na terra: a Palavra. O Salmo 119 apresenta as várias formas de como a Palavra e a Lei de Deus encontram o nosso coração e moldam o nosso coração, além de nos permitir viver dentro de um multiverso de graça, paz e misericórdia. Por meio da Palavra guardada no coração somos moldados e santificados e temos a oportunidade de desfrutar a cada vez mais do relacionamento com o Senhor que nos chamou e nos salvou segundo o seu divino propósito e vontade. Todos os dias, ao seguir este plano de leitura, ore e peça a Deus sabedoria para entender cada ensinamento a ponto de que o seu coração seja transformado, bem como a importância de guardar a Palavra no coração para viver uma vida digna diante do Senhor.

Lista de leituras

Dia1

“Bem-aventurados os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na lei do Senhor. Bem-aventurados os que guardam os seus testemunhos e o buscam de todo o coração; não praticam iniquidade e andam nos seus caminhos. Tu ordenaste os teus preceitos, para que os cumpramos à risca. Quem dera fossem firmes os meus passos, para que eu observe os teus decretos. Então não terei de que me envergonhar, quando considerar todos os teus mandamentos. Eu te darei graças com integridade de coração, quando tiver aprendido os teus retos juízos. Cumprirei os teus decretos; não me desampares jamais.” Salmos 119:1-8 NAA

Dia2

“De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho? Observando-o segundo a tua palavra. De todo o coração te busquei; não deixes que eu me desvie dos teus mandamentos. Guardo a tua palavra no meu coração para não pecar contra ti. Bendito és tu, Senhor; ensina-me os teus decretos. Com os lábios tenho narrado todos os juízos da tua boca. Mais me alegro com o caminho dos teus testemunhos do que com todas as riquezas. Meditarei nos teus preceitos e às tuas veredas terei respeito. Terei prazer nos teus decretos; não me esquecerei da tua palavra.” Salmos 119:9-16 NAA

Dia3

“Sê generoso com o teu servo, para que eu viva e observe a tua palavra. Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da tua lei. Sou peregrino na terra; não escondas de mim os teus mandamentos. Consumida está a minha alma por desejar, incessantemente, os teus juízos. Tu repreendes os soberbos, os malditos, que se desviam dos teus mandamentos. Tira de sobre mim os insultos e o desprezo, pois tenho guardado os teus testemunhos. Assentaram-se príncipes e falaram contra mim, mas o teu servo meditou nos teus decretos. Também os teus testemunhos são o meu prazer, são os meus conselheiros.” ‭Salmos 119:17-24 NAA‬

Dia4

“A minha alma está apegada ao pó; vivifica-me segundo a tua palavra. Eu te expus os meus caminhos, e tu me respondeste; ensina-me os teus decretos. Faze-me compreender o caminho dos teus preceitos, e meditarei nas tuas maravilhas. A minha alma se consome de tristeza; fortalece-me segundo a tua palavra. Afasta de mim o caminho da falsidade e favorece-me com a tua lei. Escolhi o caminho da fidelidade e decidi seguir os teus juízos. Aos teus testemunhos me apego; não permitas, Senhor, que eu seja envergonhado. Percorrerei o caminho dos teus mandamentos, quando me deres mais entendimento.” Salmos 119:25-32 NAA

Dia5

“Ensina-me, Senhor, o caminho dos teus decretos, e os seguirei até o fim. Dá-me entendimento, e guardarei a tua lei; de todo o coração a cumprirei. Guia-me pela vereda dos teus mandamentos, pois nela encontro felicidade. Inclina o meu coração aos teus testemunhos e não à cobiça. Desvia os meus olhos, para que não vejam a vaidade, e vivifica-me no teu caminho. Confirma ao teu servo a tua promessa feita aos que te temem. Afasta de mim a afronta, que me causa medo, porque os teus juízos são bons. Eis que tenho suspirado pelos teus preceitos; vivifica-me por tua justiça.” Salmos 119:33-40 NAA

Dia6

“Venham também sobre mim as tuas misericórdias, Senhor, e a tua salvação, segundo a tua promessa. Então saberei responder aos que me insultam, pois confio na tua palavra. Não tires jamais de minha boca a palavra da verdade, pois tenho esperado nos teus juízos. Assim, observarei continuamente a tua lei, para todo o sempre. Andarei em liberdade, pois tenho buscado os teus preceitos. Também falarei dos teus testemunhos na presença dos reis e não me envergonharei. Terei prazer nos teus mandamentos, os quais eu amo. Para os teus mandamentos, que amo, levantarei as mãos e meditarei nos teus decretos.” Salmos 119:41-48 NAA

Dia7

“Lembra-te da promessa que fizeste ao teu servo, na qual me tens feito esperar. O que me consola na minha angústia é isto: que a tua palavra me vivifica. Os soberbos zombam continuamente de mim, mas eu não me afasto da tua lei. Lembro-me dos teus juízos de outrora e me consolo, ó Senhor. De mim se apoderou a indignação, por causa dos pecadores que abandonaram a tua lei. Os teus decretos são motivo dos meus cânticos, na casa da minha peregrinação. Lembro-me, Senhor, do teu nome, durante a noite, e observo a tua lei. Isto é assim comigo, porque guardo os teus preceitos.” Salmos 119:49-56 NAA

Dia8

“O Senhor é a minha porção; eu disse que guardaria as tuas palavras. De todo o coração, imploro a tua graça; compadece-te de mim, segundo a tua palavra. Penso nos meus caminhos e volto os meus passos para os teus testemunhos. Apresso-me, não me demoro a praticar os teus mandamentos. Laços de perversos me cercam, mas não me esqueço da tua lei. No meio da noite eu me levanto para te dar graças, por causa dos teus retos juízos. Companheiro sou de todos os que te temem e dos que guardam os teus preceitos. A terra, Senhor, está cheia da tua bondade; ensina-me os teus decretos.” Salmos 119:57-64 NAA

Dia9

“Tens sido bom para o teu servo, Senhor, segundo a tua palavra. Ensina-me bom juízo e conhecimento, pois creio nos teus mandamentos. Antes de ser afligido, eu andava errado, mas agora guardo a tua palavra. Tu és bom e fazes o bem; ensina-me os teus decretos. Os soberbos têm forjado mentiras contra mim, mas eu guardo de todo o coração os teus preceitos. O coração deles se tornou insensível, como se fosse de sebo; mas eu me alegro na tua lei. Foi bom que eu tivesse passado pela aflição, para que aprendesse os teus decretos. Para mim vale mais a lei que procede da tua boca do que milhares de peças de ouro ou de prata.” Salmos 119:65-72 NAA

Dia10

“As tuas mãos me fizeram e me formaram; dá-me entendimento para que eu aprenda os teus mandamentos. Aqueles que te temem se alegram quando me veem, porque na tua palavra tenho esperado. Bem sei, ó Senhor, que os teus juízos são justos e que com fidelidade me afligiste. Que a tua bondade me sirva de consolo, segundo a palavra que deste ao teu servo. Venham sobre mim as tuas misericórdias, para que eu viva; pois na tua lei está o meu prazer. Envergonhados sejam os soberbos por me haverem oprimido injustamente; eu, porém, meditarei nos teus preceitos. Voltem-se para mim os que te temem e os que conhecem os teus testemunhos. Seja o meu coração irrepreensível nos teus decretos, para que eu não seja envergonhado.” ‭Salmos 119:73-80 NAA‬

Itens por página:
1 - 10 de 22

Outros planos de leitura

Ver todos os planos

undefined

O Multiverso da Palavra em Salmos 119

undefined

Leia a Bíblia toda em 365 dias

undefined

Leia a Bíblia toda em 180 dias